Quando o assunto é cimento, eis que surgem milhões de dúvidas…

  • “Será que qualquer tipo de cimento serve para meu projeto”?
  • “Será que o mesmo tipo de cimento serve para todas as finalidades”?
  • “Ou em paredes mais úmidas, o comum é indicado”?

A novidade boa é que hoje, vamos esclarecer alguns tipos de cimentos, combinado?

Olha que curioso… sabia que existem 11 tipos de cimentos?

Uau! 11 tipos distintos! Isso mesmo! Incrível, não é mesmo?

Essas dúvidas e muitas outras você poderá ter respondida aqui, entendendo melhor os aditivos e indicações de acordo com os diferentes tipos de cimentos.

Vejamos alguns tipos de cimentos então, de forma bem objetiva!

Cimento CP I

CP I: Cimento Portland com aditivo de gesso, indicado para obras sem exigências específicas. É um cimento de baixa resistência, indicado para indústrias. Podendo ter 5% de material carbonático em massa.

Cimento CP I-S

CP I-S: Cimento Portland com aditivo comum, possui aditivo pozolânico – permite menos permeabilidade. Cimento mais comum que podem ser inseridos em concretos mais simples que não exige de nenhuma característica mais refinada ou especial.

Cimento CP II-E

CP II-E: Cimento Portland Aditiva com Escória de Alto Forno, seu uso é indicado em obras onde se requer dispersão de calor mais lenta. Esse produto é um superproduto da indústria siderúrgica, podendo ter cálcio, alumínio, magnésio, dentre outros. Causa expansão de material em temperaturas mais baixas.

Cimento CP II-Z

CP II-Z: Cimento aditivado Pozolânico, garante melhor impermeabilidade em sua composição, sendo altamente recomendado em obras subterrâneas e com alta umidade. Dando maior impermeabilidade, entrando em contato com o hidróxido de cálcio, sendo naturais como cinzas vulcânicas, ou artificiais com carvão mineral ou argilas, entre outros aditivos.

Cimento CP II-F

CP II-F: Cimento aditivado de Material Carbonático, exige maior resistência, exemplos de aplicações: concreto protendido, concreto armado, pavimentos e pisos de concreto, pré-moldados. Concentração de 6 a 10% de filer carbonático. Sendo uma matéria-prima com fina moagem de basalto de calcário, entre outros.

Cimento III

CP III: Cimento de alto forno, indicado para obras como esgoto, barragens, pontes ou ainda outros tipos de obras mais simples.

Cimento IV

CP IV: índice maior de polozânico, contendo até 50%. Possui alta resistência e baixa porosidade, indicado a ambientes ácidos e com sulfato, ideal para obras com água corrente.

Cimento RS

RS: Cimento com resistência a sulfato. Indicado em redes de esgoto, por exemplo.

Cimento BC

BC: Cimento com baixo calor de hidratação. Indicado em construções de precisam passar por mudanças de temperatura.

Cimento CPB

CPB: Cimento branco com caulim que pode ter ou não coloração. Possui baixa concentração de manganês. Indicado a rejuntes de cerâmicas.

Mas aí você se pergunta: “Qual tipo de cimento devo usar?”

Na dúvida de qual tipo de cimento utilizar, aqui no Campeão da Construção você pode optar e apostar no cimento extra forte e caso ainda possua alguma dúvida, pode consultar um de nossos especialistas. Você será bem orientado para comprar seus materiais com segurança.